Saúde Cardiovascular

As doenças cardiovasculares são a primeira causa de mortes no mundo e no Brasil. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 17,7 milhões de pessoas morreram vítimas de enfermidades do coração em 2015. A estimativa para 2030 é de 22,2 milhões de óbitos. Os dados preliminares de 2017 do Ministério da Saúde mostram que 355.895 brasileiros morreram em 2017 devido a doenças cardiovasculares.

O Instituto Lado a Lado pela Vida elegeu as doenças cardiovasculares como uma de suas causas e o foco é dado ao paciente de alto risco cardiovascular, sempre trabalhando a importância da prevenção e da adesão ao tratamento. Até o ano de 2018, o LAL realizou quatro fóruns de Políticas Públicas, além de uma audiência pública para discutir o paciente de alto risco cardiovascular, ou seja, aquele que tem uma probabilidade maior de sofrer um AVC, infarto ou desenvolver Insuficiência Cardíaca. 

Em 2014, o LAL lançou a Campanha Siga seu Coração para alertar e conscientizar a população sobre as doenças crônicas, contribuindo para que a doença cardiovascular esteja no centro dos debates sobre a saúde do brasileiro. Dede então, a mobilização acontece durante o ano inteiro e se intensifica durante o mês do Setembro Vermelho, com ações dedicadas à adoção de um estilo de vida mais saudável.

Em março de 2019, foi realizado o 1º Seminário Coração Fraco, na Folha de S.Paulo, com apoio do Instituto Lado a Lado pela Vida e da Rebric (Rede Brasileira de Insuficiência Cardíaca), patrocinado pela farmacêutica Novartis.

 

Últimas Notícias