Atividade Física estimula as defesas do corpo

Atividade Física estimula as defesas do corpo

Durante o 13º Cruzeiro Bem-Estar, onde a equipe do Instituto Lado a Lado esteve, em parceria com a Costa Cruzeiros, levando suas principais campanhas em prol da prevenção e da saúde, o preparador físico da Seleção Brasileira de Voleibol Feminino desde 2003, José Elias de Proença, afirmou que o mundo está diminuindo sua condição física. "Vamos pagar o preço dessa inatividade, pois nosso organismo não foi preparado para não se mexer", afirmou.

[saiba mais]

Estudos estimam que, no Brasil, até 2030, haverá uma desaceleração de 34% na atividade física da população.

Segundo Zé Elias, a tecnologia é um dos fatores que justifica o sedentarismo. "Optamos pela tecnologia e subimos os andares de elevador, ao invés de escada, deixando de nos movimentar para ter mais facilidade, ou seja, cada vez mais estamos nos distanciando dos exercícios pela condição atual de vida".

E as consequências da falta de atividade física são várias. "30% das crianças são obesas e por isso sofrem bullying e vão mal nos estudos", alerta o preparador físico. Além disso, ele lembrou que a atividade física é corretora de doenças silenciosas como o diabetes e a hipertensão, considerados potenciais fatores de risco para as doenças cardiovasculares. "A qualquer momento e idade os benefícios da atividade física são valiosos".

Para Zé Elias, para ser ativo fisicamente não é preciso ir à academia fazer musculação. "Todo ambiente é ambiente para a atividade física, se você der 10 mil passos por dia, já é considerada uma pessoa ativa".


Outros benefícios

Estimula a capacidade de concentração e memória;

Eleva a autoestima e confiança;

Equilibra a ansiedade e a hiperatividade;

Melhora as articulações;

Previne a osteoporose;

Trabalha o sistema cardíaco;

Mulheres têm 30% mais longevidade pós menopausa;

Incrementa o lado social.


Solução

Para que não aconteça essa desaceleração, algumas medidas devem ser tomadas, segundo o preparador físico da Seleção Brasileira de Voleibol Feminino, José Elias de Proença, a começar por um trabalho de conscientização intensa com políticas públicas, mais ciclovias e parques com segurança e estrutura para a população usar. "Pais ativos e crianças melhores orientadas sobre a importância do exercício físico na grade curricular também é fundamental para a melhora desse quadro", finalizou.