Jogo de várzea na Zona Leste encerra Novembro Azul 2014

Jogo de várzea na Zona Leste encerra Novembro Azul 2014

O Novembro Azul teve seu apito final ontem, durante duas partidas de futebol no campo do Botafogo de Guaianases, na zona leste de São Paulo, e também com uma palestra sobre o câncer de próstata com o oncologista Ricardo Caponero.

Seguindo o padrão dos outros jogos da ação Várzea Azul, o campo sediou duas partidas em homenagem a campanha e em seguida, jogadores e público assistiram a uma palestra com médico especialista sobre o tema do Novembro Azul: o combate ao câncer de próstata.

Depois dos jogos, independente do resultado, os times eram contemplados com um troféu da ação.  "É muito importante conscientizar a todos sobre os cuidados com a saúde e o Botafogo está muito feliz com este evento", disse Itamar de Jesus da Silva, presidente do Botafogo de Guaianases. 

Durante a palestra, o Dr. Ricardo Caponero orientou sobre a importância de deixar o medo e tabu de lado para fazer o exame de toque retal e alertou sobre dados da doença. "São diagnosticados 8 casos de câncer de próstata por hora, mas isso não significa que a pessoa vai morrer, por isso o diagnóstico precoce é essencial", disse o médico, ponderando mais uma vez sobre a necessidade de fazer o exame de próstata anualmente.

Se o homem estiver dentro do grupo de risco, que envolve histórico familiar e ser da cor de pele negra, a idade para começar a fazer o exame é 45 anos de idade. Se estiver fora desse perfil, o recomendado é a partir dos 50 anos.