OMS declara pandemia do novo coronavírus

OMS declara pandemia do novo coronavírus

Já são mais de 118 mil casos em 114 países e 4.291 mortes


Redação LAL* - A Organização Mundial de Saúde (OMS) decidiu, nesta quarta-feira (11), declarar que o mundo enfrenta uma pandemia do novo Coronavírus. Já são mais de 118 mil casos em 114 países e 4.291 mortes.

A mudança de classificação não se deve à gravidade da doença, e sim à disseminação geográfica rápida que o Covid-19 tem apresentado. "Nas últimas duas semanas, o número de casos de Covid-19 aumentou 13 vezes e o número de países afetados triplicou. Nos próximos dias e semanas, esperamos ver o número de casos de Covid-19, o número de mortes e o número de países afetados aumentar ainda mais. A OMS tem tratado da disseminação [do Covid-19] em uma escala de tempo muito curta, e estamos muito preocupados com os níveis alarmantes de contaminação e, também, de falta de ação [dos governos]", afirmou Adhanom no painel que trata das atualizações diárias sobre a doença. "Por essa razão, consideramos que o Covid-19 pode ser caracterizado como uma pandemia", explicou durante a conferência de imprensa em Genebra.

Em seguida, o diretor-geral da OMS acrescentou que declarar pandemia não significa que a situação está fora de controle. "Pandemia não é uma palavra a ser usada de forma leviana ou descuidada. É uma palavra que, se mal utilizada, pode causar medo irracional ou aceitação injustificada de que a luta acabou, levando a sofrimento e morte desnecessários. Descrever a situação como uma pandemia não altera a avaliação da OMS sobre a ameaça representada por esse coronavírus. Não altera o que a OMS está fazendo e nem o que os países devem fazer", colocou o doutor Tedros.

O diretor-geral da OMS lembrou quais ações os países devem tomar: ativar e ampliar seus mecanismos de resposta a emergências; informar profissionais sobre riscos e como podem se proteger; encontrar, isolar, testar e tratar todos os casos de Covid-19, rastreando todos os contatos; preparar hospitais; proteger e capacitar profissionais de saúde. Segundo ele, "todos os países devem encontrar um bom equilíbrio entre proteger a saúde, minimizar disrupções econômicas e sociais e respeitar os direitos humanos. Estamos juntos para fazer as coisas certas, com calma, e proteger os cidadãos do mundo. É possível", acrescentou.

Um dos casos mais preocupantes é o do Irã. A OMS considera que a situação no país é "muito grave" e apelou para maior vigilância e maiores cuidados dos doentes.

A organização considera que os iranianos estão fazendo o que podem, mas enfrentam falta de material e de equipamentos médicos.

A OMS enviou 40 mil testes nas últimas 24 horas, mas os suprimentos são "muito, muito escassos" e está difícil encontrar fornecedores.

Surto X Epidemia X Pandemia

Um surto ocorre quando há o surgimento repentino de uma doença com uma frequência mais alta que o esperado em um determinado local. Já uma epidemia pode ser entendida como um surto periódico de uma doença infecciosa em dada população ou região. A OMS classifica como uma pandemia quando determinada doença se espalha por todo o mundo, afetando grande número de pessoas e com transmissão sustentada de novos casos nos locais atingidos.

*com informações da Agência Brasil