compartilhar

< Voltar

Câncer de Pâncreas

cancer

O que é?

Localizado atrás da região inferior do estômago, o pâncreas é o órgão responsável por secretar enzimas que auxiliam no processo de digestão de alimentos, além de hormônios que regulam o nível de açúcar no sangue.

A doença é difícil de ser detectada, motivo pelo qual normalmente é descoberta já em estágio agressivo para o paciente. Ela não costuma ocorrer antes dos 30 anos. Sua maior incidência é na terceira idade, a partir dos 60, em homens.

De acordo com o INCA (Instituto Nacional de Câncer), o câncer de pâncreas responde por cerca de 2% de todos os diagnósticos de câncer entre brasileiros e 4% das mortes provocadas pela doença.

Sintomas

Os sintomas mais recorrentes do câncer de pâncreas são fraqueza, perda de peso sem causa aparente, falta de apetite, urina escura, olhos e pele amarelados, náuseas, dores nas costas e dores abdominais de modo geral.

Estes sintomas, no entanto, também podem estar relacionados a outras doenças. É por este motivo que, a princípio, estes sintomas devem ser encarados apenas como sinais de alerta para levar o paciente, que deve procurar um médico especializado.

Fatores de risco e prevenção

Os fatores de risco para o câncer de pâncreas se dividem entre os hereditários, que respondem por cerca de 10 a 15% dos diagnósticos, e os não-hereditários, que costumam prevalecer para a maioria dos pacientes, ainda segundo o INCA.

Histórico familiar de câncer de pâncreas, mama e ovário, além de algumas síndromes como a pancreatite, estão entre os fatores de risco hereditários. Já entre os não-hereditários, destacam-se obesidade, falta de atividade física, tabagismo e diabetes mellitus, além de exposições a substâncias tóxicas como solventes.

Para se prevenir, portanto, é recomendado um estilo de vida saudável e equilibrado, principalmente no que diz respeito à prática de atividades físicas e à boa alimentação, que também podem evitar o desenvolvimento de uma diabetes, doença comum entre quem recebe o diagnóstico de câncer de pâncreas.

Diagnóstico

Como a maioria dos sintomas do câncer de pâncreas pode estar relacionada a outras doenças, exames de imagem, como ressonância magnética e ultrassonografias convencional ou endoscópica, são as principais formas de se detectar a doença.

Tratamento

O tratamento contra o câncer de pâncreas depende da avaliação médica e dos exames realizados. A cirurgia costuma ser o único método capaz de oferecer chance de cura, mas não costuma ser possível para a maioria dos pacientes, já que os diagnósticos costumam ser tardios.

Nos casos em que o processo cirúrgico não é indicado pelos especialistas, o paciente normalmente é submetido a quimioterapia associada a sessões de radioterapia, para reduzir o tumor ou ao menos limitar seu crescimento.

Fontes de consulta

INCA – https://www.inca.gov.br/tipos-de-cancer/cancer-do-sistema-nervoso-central Pesquisa realizada em 25/6/2021