compartilhar

< Voltar

Xerostomia e Alimentação

A xerostomia é um sintoma caracterizado pela ausência de saliva, conhecida também como boca seca, sendo o terceiro sintoma comum nos pacientes oncológicos. Ocorre quando as glândulas salivares não produzem saliva suficiente para manter a boca úmida.  A saliva é importante e necessária para umedecer e lubrificar os alimentos para facilitar a mastigação, deglutição e o ato de falar, além de proteger a boca contra as bactérias. Este efeito colateral podem ser causas pelo tratamento da quimioterapia, da radioterapia ou combinações entre elas, que acabam prejudicando as glândulas salivares. Na quimioterapia, por exemplo, a saliva torna-se mais espessa, provocando a sensação de secura. E na radioterapia, é comum nos casos de tratamento em região de cabeça e pescoço.   

  • Para melhor manejo da xerostomia as recomendações para pacientes que apresentam este sintoma durante o tratamento oncológico são:
  • Dar preferências a alimentos umedecidos (com molhos, caldos e sopas); 
  • Utilizar gotas de limão nas saladas e bebidas; 
  • Ingerir líquidos junto com as refeições para facilitar a mastigação e a deglutição;
  • Usar ervas aromáticas como tempero nas preparações, evitando sal e condimentos em excesso; 
  • Mastigar e chupar gelo feito de água, água de coco, suco de fruta ou picolés; 
  • E utilizar goma de mascar ou balas sem açúcar com sabor cítrico para aumentar a produção de saliva e sentir mais sede. 

 Leitura Recomendada Consenso Nacional de Nutrição Oncológica (INCA), 2015; Rezende, A. et al. Cuidados nutricionais na quimioterapia e radioterapia. In: Barrere, APN, Pereira, A, Hamerschlak, N, Piovacari, SMF. Guia Nutricional em Oncologia. 1ª edição. Editora Atheneu. Rio de Janeiro: 2017. 

Ler mais sobre esse tema:

Nossa Agenda

03 a 26 Nov

Saúde do Homem

Exposição 10 anos Novembro Azul no Senado Federal

Local: Senado Federal / Redes Sociais LAL

Horário: A Confirmar